e o que é e o que é, meu irmão?

Bom mesmo seria se a gente viesse com um passo a passo, nera? Com um livrinho que nos desse todas as respostas mágicas para aquelas perguntas que a gente insiste em não saber. Tipo, o que eu quero ser quando crescer? Quero casar e ter filhos? Qual cidade eu quero morar?  Que país me escolherá? Com quantos anos vou achar o amor da minha vida? Como será a minha vida?
Confesso que tenho resposta para algumas perguntas acima, mas tem uma que não me sai da cabeça: o que eu quero ser quando crescer? E acho que ela envolve tanta coisa, né? E acho que cresci, né? Rsrsrs… cresci, mas ainda não sei. Talvez seja legal mudar um pouco de área, investir num negócio, aprender técnicas de artesanato, entrar no curso de mandarim… sei lá, talvez seja legal tanta coisa! Mas o que seria legal agora? Quero voltar pra casa? Quero ir morar mais longe?
O que me conforta é que sei que essa crise não é só minha, não é da idade, é do mundo… é de todo mundo! É muito fácil falar pra gente escolher algo que ama e acreditar nisso pra correr atrás, Steve. Quero ver você me dizer o que é que eu amo! Ah, eu amo tanta coisa… tanta coisa mesmo!
E como dizem os ditados clichês por aí, vamos nos divertindo com o errado enquanto o certo não vem. E que fique claro que pra mim isso se aplica no campo profissional.
Mas será que o certo um dia chega? Olha, assim eu espero ansiosamente. Sabe do que eu tenho medo? É capaz do “certo” chegar e me decepcionar tanto com ele que volto a achar que o meu errado é que tava certo mesmo. Será?
Anúncios

4 thoughts on “e o que é e o que é, meu irmão?

  1. Amiga, sabe o melhor disso tudo? É que a gente pode todos os dias amar algo novo, diferente… O mundo é tão vasto, e parece ainda mais vasto para pessoas como nós duas quem não tem medo de transpor barreiras. Ao invés de se preocupar em responder a pergunta de maneira definitiva, se pergunte todos os dias: o que eu amo hoje?! Beijo!!!!

  2. Mari, se te conforta, não é só você que tem essa crise, como você bem sabe e disse acima..
    Não é fácil não.. tem horas que é melhor adotar a frase de Zeca Pagodinho: “Deixa a vida te levar”! hahaa.. Beijos.

  3. Ahhh eu sei, eu sei… como é isso! Assim como foi uma dúvida gigante em deixar vcs!!!
    Adoto o que a Verô colocou aí … “deixa a vida me levaaar..”… e sempre dá certo! No regrets, neverrrr!!!

    Ah, sextaaaaaaaaaaaaa \o/////

Deixe aqui o seu comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s